Entenda Psicologia, Psiquiatria e Psicanálise

Quando procurar um psicólogo?

É comum as pessoas confundirem os profissionais das áreas “psi”. E muitas vezes não ficam claras as diferenças entre a formação, as funções e as atividades do psicólogo, do psicanalista e do psiquiatra – termos que indicam modalidades de atendimentos com características próprias. Vamos entender melhor o que cada um deles faz?

PSIQUIATRA

O psiquiatra é um profissional da medicina que após concluir sua graduação e formar-se médico opta pela especialização em Psiquiatria. Ou seja, o psiquiatra é um médico que se especializou nessa área. A Psiquiatria, que abrange conhecimentos de neurologia, psicofarmacologia e noções de psicologia, lida com prevenção, diagnóstico, atendimento e tratamento de diferentes formas de sofrimento mental, tanto de origem orgânica como de origem psíquica, como por exemplo a dependência química, os transtornos obsessivo-compulsivos, a bipolaridade, a depressão e ansiedades.

PSICÓLOGO

Com formação superior em psicologia, o psicólogo é um profissional apto para tratar desordens psicológicas e comportamentais. Seu foco, portanto, é o indivíduo.Após a graduação, o psicólogo poderá complementar sua formação em abordagens teóricas específicas, tais como: psicologia comportamental, Gestalt-terapia, psicologia analítica (mais conhecida como Jungiana), fenomenologia e psicanálise. O psicólogo pode auxiliar no tratamento de problemas decorrentes de crises como estresses, traumas de todos os tipos, luto, depressão, e ansiedade. A duração do tratamento será determinada pelas necessidades expostas ao longo das sessões. O método de trabalho irá depender de sua formação e da abordagem teórica em que se especializou.

O trabalho do psicólogo que tem como abordagem a Psicanálise realiza o trabalho de Psicoterapia de Orientação Analítica.

PSICANALISTA

O psicanalista é o profissional que possui formação em psicanálise. Não se trata de um curso de graduação. Para fazer a formação e tornar-se psicanalista é preciso já ter concluído a graduação em psicologia ou medicina. Ou seja: a formação em psicanálise será posterior a um curso superior.

ENTÃO QUANDO PROCURAR UMA PSICOTERAPIA DE ORIENTACÃO ANALÍTICA

Enquanto processo terapêutico, a Psicanálise é de inestimável ajuda para as pessoas em sofrimento psíquico. No curso de um tratamento psicanalítico intensivo, investiga-se a natureza das relações originárias da infância de cada indivíduo. Estas são a matriz dos fatores inconscientes que constituem o que chamamos de mundo interno. À medida que este mundo interno fica disponível para experiências e explorações conjuntas entre analisando e analista, os aspectos inconscientes se tornam mais compreensíveis e podem ser trabalhados através da palavra, levando ao alívio dos sintomas e, principalmente, a profundas transformações emocionais.

A pessoa não precisa sentir necessidade de tratamento para obter benefícios com a investigação psicanalítica. O desejo de se conhecer melhor e de funcionar melhor no mundo podem ser motivações suficientes.